O Planejamento é a chave do êxito

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

O tema planejamento é um dos que mais gera frustrações nas pessoas que o buscam. Porém antes de criticá-lo é preciso analisar as causas que levam ao insucesso. "Planejar é fazer hoje o necessário para que o futuro aconteça como queremos" (Forn y Foxá estadista espanhol).

Planejamento não pode ser tratado de forma única nem genérica, é preciso deixar claro que em qualquer organização existem três importantes campos em que técnicas de planejamento podem ser aplicadas com objetivos diferentes.

No primeiro encontram-se os cinco jogos fundamentais, que juntos permitem a construção de uma sincronia da inteligência, que pode ser usada como orientação de visão, formação de objetivos e como atacá-los, que são: Estratégico; de mercado; operacional; da cultura e da construção da confiança na organização; e do capital.

No segundo, estão os sete planejamentos básicos e operacionais que se em sincronia nascem o ritmo, a cadência e a utilização mais adequada dos recursos em termos de capital de giro das variáveis, que seriam: planejamento e execução comercial, de produção, de compras, de formação de estoque, de novos produtos, de logística de entrega; e planejamento e execução financeira.

O último campo concentra 12 motores operacionais da organização, distribuídos em cinco jogos: estratégico (inteligência do negócio, plantar e colher, inovação e escalada estratégica), mercado (comercial e exportação), operacional (informação, produção, compras e logística), cultura (motor humano) e capital. Esses motores requerem objetivos e planejamento específicos. Neles temos o que se denomina de Gestão da Seqüência & Conseqüência.

Preocupar-se com as conseqüências de projetos não planejados absorve toda a nossa energia. Por outro lado, quando construímos os planejamentos necessários, edificamos o futuro da empresa pela seqüência correta dos pensamentos, orientações, ações e monitoramentos.

Portanto, a primeira finalidade do controle orçamentário é possibilitar à direção a tomada de decisões que corrijam as falhas existentes e procurar colocar a empresa no rumo certo. Se, por outro lado, a avaliação periódica mostra que a organização está no rumo certo, com resultados reais que equivalem aos resultados planejados no orçamento, nenhum ajuste ao plano de ação será, então, necessário.

Planejar não é um ato administrativo, burocrático, mas requer imersão e sincronia mental profundas dos envolvidos em cada etapa do processo, bem como visão antecipada dos problemas.

Portanto "Planejar é bom, dá certo"

Outro aspecto importante na adoção de um orçamento global é o fato de que naturalmente é aplicado em partes, para a operação de toda a empresa, e isto força a todos os membros da administração interagir, fazendo com que reduza o envolvimento dos altos administradores com as operações diárias através da delegação de poderes.

Fonte: BERSOU - MBA Executivo Março 2010

Finance365 Família de Parceiros

Finance365 traz ao mercado, uma nova mentalidade sobre Governança e Gestão Empresarial. Nossa meta é apresentar aos clientes como aumentar seus lucros através de boas práticas na Governança Corporativa, com crescimento sustentável.

Atendimento Especializado

Miramar, Flórida, USA

Alphaville - Barueri

Email: contato@finance365.net.br

Fax: +55 11 2680-5094

Webistewww.finance365.net.br

Depoimentos


"Ficamos surpreendidos positivamente com a qualidade das respostas, vale a pena !"
Cleber Oliveira - Advanced Consultores
"Deixe seus comentários sobre o uso de nossa aplicação."
Administração - Gestão Canal da Governança
"Governança está nos apoiando a ver o negócio de outra forma, mais racional e objetiva."
Moacir F Teixeira - ECOAGRO