Regras simples, mundo complexo

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Qualquer estratégia surte mais efeito se houver normas claras e simples para o pessoal tomar decisões críticas.

Uma década atrás, no decorrer de um estudo sobre as razões do sucesso de certas empresas de alta tecnologia durante a explosão da internet, foi descoberto algo surpreendente: para traçar suas estratégias de alto nível, empresas como Intel e Cisco não empregavam modelos complicados, mas regras gerais bem simples. E isso apesar de atuarem em setores extraordinariamente complexos, difíceis, de ritmo acelerado. Além de simples, eram regras bastante específicas, em geral, a gerência identificava algum processo crítico ( aquisições ou locações de capital, etc )no qual algo impedia o crescimento e feito isso, formulava um punhado de diretrizes para gerenciar o processo. Essa abordagem ajudava a empresa a transpor o vão entre estratégia e execução, a tomar decisão em tempo real e a se adaptar a circunstâncias em rápida transformação, sem perder de vista o quadro geral. Essa abordagem não serve só para o setor de tecnologia, pode ser útil até para uma dilapidada operação de transporte ferroviário de cargas.

Essas regras garantem que todo indivíduo de uma organização esteja focado na mesma estratégia e tenha flexibilidade para inovar e se adaptar à circunstância local, pois essas regras simples ajudam o pessoal a tomar decisões em tempo real, a colocá-las em prática e a responder rapidamente a mudanças no entorno. São preciso três passos para a criação dessas regras:
1 - Definir objetivos da empresa: O que estamos tentando obter?
2 - Identificar um gargalo que impeça a empresa de atingir esses objetivos: Em que ponto as oportunidades mais superam recursos disponíveis para explorá-las e que processo específico nos ajudaria a gerenciar esse problema?
3 - Criar regras simples para gerenciar o gargalo estratégico: que experiências nossa empresa teve com esse processo e o que funcionou ou não funcionou e por quê?

Essas regras simples alinham decisões importantes aos objetivos da empresa e traduzem suas prioridades. Elas ajudam a evitar a paralisia que volta e meia acomete o indivíduo diante de um excesso de alternativas. É preciso entender as regras e a lógica por trás delas, para adaptar-se a circunstância local. É comum uma estratégia afundar na execução, devido à coordenação insuficiente da organização como um todo. Quando cada unidade, departamento ou subsidiária pensa de um jeito distinto, mal-entendidos são inevitáveis. Funcionários volta e meia atribuem falhas à incompetência ou a má fé de colegas de outras áreas, quando o problema é outro, é preciso um acordo explícito entre unidades para nortear decisões, com confiança entre os departamentos, as regras simples são um modelo de consenso para a avaliação de propostas específicas. Para evitar mal-entendidos, os membros da equipe tem que se esforçar para elevar a transparência das regras que foram estipuladas, discutindo decisões com colegas, assim reduz a chance de que um desfecho indesejado viesse atribuído a incompetência ou a manobras políticas.

Muita gente acha que problemas complexos exigem um modelo de tomada de decisões complexo, mas há estudos que demonstram que regras simples não raro produzem decisões tão boas ou até melhores, quanto tomadas com ferramentas de apoio a decisões complexas.

É preciso identificar um ponto na organização no qual oportunidades ou investimentos excedam recursos e por conseguinte impeçam a organização de atingir suas grandes metas. Mas o gargalo deve ser um processo (ou passo do processo) relativamente estreito e aos poucos, com milhares de decisões e atividades distribuída por toda organização. Tentar cobrir todas essas atividades cria uma profusão de regras edificantes.

Toda empresa precisa equilibrar duas necessidades contraditórias, mas igualmente importantes: a de eficiência (explorar oportunidades típicas) e a de flexibilidade (permitir à organização explorar oportunidades inesperadas). Um checklist como a usada por pilotos antes da decolagem ou por equipes cirúrgicas é extremamente importante e útil quando o desafio é repetir um mesmo processo de forma eficiente, mas regras simples, por sua vez, são mais úteis quando o desafio é adaptar-se rapidamente a novas circunstâncias. Elas definem os limites da conduta aceitável, deixando ampla margem para flexibilidade dentro desses limites. Simulações em computador já mostraram que em mercados estáveis a gerência pode escolher entre a flexibilidade de regras simples e a eficiência de processos codificados e se sair bem. À medida que aumenta o dinamismo do entorno, a flexibilidade ganha mais importância e regras simples passam a ser essenciais.

Muitas vezes, o instinto natural do executivo é formular um conjunto de regras para a difusão cadeia de comando abaixo. É um grande erro, essa abordagem parte do princípio de que o presidente está na melhor posição para definir o teor das regras e que estas devem ser usadas para exercer controle lá do alto. Não é nada disso, os mais aptos a formular regras são aqueles que irão aplicá-las. E esses mesmos indivíduos podem testá-las em tempo real para determinar se são demasiado vagas, engessantes ou complicadas. Regras concretas as vezes se convertem em critérios simples de sim ou não. Regras simples devem mudar junto com a empresa e o mercado e à medida que os gestores forem entendendo melhor qual o significado da estratégia na prática. Por último, nenhuma regra dura para sempre. Regras simples, em comparação, são o coração pulsante da estratégia e podem nortear as atividades que pesam. Num mundo de difíceis trade-offs, a abordagem é uma das poucas saídas para a gerência aumentar o alinhamento, a adaptação e a coordenação de uma só tacada.

Fonte - Revista Harvard Business Review

Finance365 Família de Parceiros

Finance365 traz ao mercado, uma nova mentalidade sobre Governança e Gestão Empresarial. Nossa meta é apresentar aos clientes como aumentar seus lucros através de boas práticas na Governança Corporativa, com crescimento sustentável.

Atendimento Especializado

Miramar, Flórida, USA

Alphaville - Barueri

Email: contato@finance365.net.br

Fax: +55 11 2680-5094

Webistewww.finance365.net.br

Depoimentos


"Ficamos surpreendidos positivamente com a qualidade das respostas, vale a pena !"
Cleber Oliveira - Advanced Consultores
"Deixe seus comentários sobre o uso de nossa aplicação."
Administração - Gestão Canal da Governança
"Governança está nos apoiando a ver o negócio de outra forma, mais racional e objetiva."
Moacir F Teixeira - ECOAGRO